VENÇA O CÂNCER DE MAMA COM 5 ‘estratégias de sobrevivência’

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Câncer de Mama: melhore sua rotina incluindo hábitos simples que previnem e combatem a doença.

mulher

Ao se depararem com um câncer de mama, muitas mulheres querem saber quais as estratégias que podem incorporar em sua vida para aumentar as chances de sobrevivência. Após passar por inúmeros tratamentos de quimioterapia e radiação, eis que surge mais um suspiro de alívio, eles finalmente derrotaram esta doença mortal. Então a realidade interior da doença se reajusta, e eles têm de encarar o fato de que enquanto o câncer tiver “ido” ainda há a chance de que ele possa voltar com uma vingança.

Sobreviver ao câncer de mama é possível e na verdade muitas mulheres passaram a viver livres de câncer para o resto de suas vidas. Então, qual é o seu “segredo?” Elas sabem que há certas estratégias que irão ajudá-las a sobreviver e segui-las é como uma medida para se certificar de que nunca terão de enfrentar o pesadelo do câncer de mama novamente.

Quando você seguir estas simples estratégias as células de mama cancerosas não terão escolha a não ser parar sua progressão mortal dentro do seu belo corpo.

Sobreviver ao câncer de mama começa com sabedoria não convencional

1. Consuma alimentos que combatem o câncer.

Enquanto comer corretamente e consumir alimentos saudáveis ricos em nutrientes é importante para qualquer um, isso é especialmente vital para os sobreviventes de câncer de mama. Alimentar-se de uma dieta bem equilibrada e saudável, que inclui alimentos conhecidos para combater o câncer, tais como:

Carotenóides: Frutas e legumes que são ricos em carotenóides são particularmente úteis e têm mostrado fornecer um aumento de 33% de sobrevivência entre os sobreviventes que fazem deles uma parte importante na sua dieta. Os alimentos ricos em carotenóides incluem cenoura, batata doce, vegetais verdes escuros, como couve e espinafre, damascos, mangas, tomate e melão.

Fibra: Uma dieta rica em fibras também tem mostrado reduzir a recorrência de células de câncer de mama. Adicionando alimentos integrais que são ricos em fibras vai aumentar muito as chances de sobrevivência. Tente aumentar a sua ingestão de arroz orgânico marrom, feijão, framboesas, peras, maçãs, ervilhas, couve-flor, e cevada.

Soja Orgânica (não-OGM): Por muitos anos sobreviventes de câncer de mama recomendaram ficar longe da soja por conta das propriedades similares ao estrogênio que ela continha. Novas evidências no entanto, estão mostrando que não só não existe nenhum risco, como a soja é realmente benéfica em termos de mortalidade e redução da recorrência de células de câncer de mama. Soja orgânica fermentada tal como miso, tempeh, natto, e kombucha são suas melhores apostas e devem ser consumidos com moderação.

2. Evite laticínios ricos em gordura.

Produtos lácteos especialmente os produzidos da forma convencional (industrializados). Sobreviventes de câncer de mama que consomem regularmente queijo gordo, sorvete e iogurte podem ter suas chances de sobrevivência reduzidas pela metade. Os cientistas do centro de pesquisa do câncer no Kaiser Permanente na Califórnia analisaram relatórios de 1.500 mulheres sobreviventes de câncer de mama que responderam questionários sobre a frequência com que consumiram produtos lácteos.

Não se deixe enganar pela propaganda do leite. Eles descobriram que as mulheres que comiam apenas uma porção por dia de produtos lácteos cheios de gordura tinham 50% mais probabilidade de morrer de câncer de mama nos próximos 12 anos. Os culpados mais comuns foram queijo, sorvete, iogurte, e café com leite. Acredita-se que isto é porque a maioria dos produtos lácteos nos Estados Unidos é cheia de estrogénio – hormônio conhecido por causar o crescimento de tumores. Variedades com baixo teor de gordura dos mesmos alimentos não apresentaram diminuição das taxas de mortalidade, por isso, se você está determinado a consumir produtos lácteos certifique-se de que eles são orgânicos e “alimentados com capim”.

Melhor ainda, por que não tentar fazer o seu próprio leite de amêndoas caseiro, como uma alternativa saudável ao leite de vaca?

3. Comece exercício em abundância.

O exercício físico não só pode ajudar com os efeitos colaterais do tratamento, como também pode melhorar muito as taxas de sobrevivência para aqueles que vencem o câncer de mama. Tente chegar em, pelo menos, 150 minutos de exercício moderado ou 75 minutos de exercício vigoroso em cada semana.

Mais de duas dezenas de estudos têm mostrado que apenas algumas horas de exercício por semana reduz o risco de desenvolver câncer de mama de 30-40%. Qualquer exercício é melhor do que nenhum. Caminhar, praticar yoga e natação são todas formas de exercício suaves perfeitos para começar após o tratamento, e que vão aumentar muito suas chances de sobrevivência.

4. Reserve tempo para a meditação.

Não é nenhum segredo que a meditação é um benefício enorme para reduzir o stress e ansiedade entre os sobreviventes de câncer de mama. A pesquisa vem mostrando que a meditação é benéfica não apenas para o estado mental dos sobreviventes, como o pode ser para seu estado físico também.

Tudo tem a ver com os telômeros, proteínas na extremidade dos cromossomos que se tornam cada vez mais curtos cada vez que a célula se divide. Telômeros mais longos estão associados com a sobrevivência, enquanto que telômeros mais curtos estão associados à doença e morte prematura. Pesquisa realizada com meditação entre sobreviventes de câncer de mama mostrou que depois de apenas 3 meses de meditação, seu comprimento dos telômeros não foi alterado. Aqueles que não meditaram demonstraram comprimentos dos telômeros mais curtos do que quando o estudo começou.

5. Aumente seu nível de vitamina D.

De acordo com um relatório da University of San Diego Medical School, pacientes com câncer de mama com altos níveis de vitamina D no sangue têm duas vezes mais chances de sobreviver do que aqueles com níveis mais baixos deste nutriente essencial. Cinco estudos realizados em 4.443 sobreviventes de câncer de mama ao longo de um período de nove anos descobriu que os benefícios da vitamina D ajudam a aumentar a comunicação entre as células, ativando uma proteína que bloqueia a divisão de células.

Enquanto a atual dose diária recomendada de vitamina D é um lúgubre 600 UI para adultos e 800 UI para pessoas com mais de 70, aos sobreviventes de câncer de mama é muitas vezes indicados consumir 4.000 UI (ou mais) por dia – dependendo dos resultados das análises do sangue circulante.

Obviamente, tanto quanto nós adoraríamos, não é possível em um breve artigo como este, listar todas as estratégias naturais de sobrevivência ao câncer de mama que existem.

Compartilhe sua experiência! Se você está ajudando pessoas a superar com êxito um diagnóstico de câncer – sinta-se livre para compartilhar seus conhecimentos com nossos leitores na seção de comentários abaixo.

Gratidão! _/\_  Saúde, Fé, Paz, Amor! 🙂

Fonte: naturalhealth365

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

One thought on “VENÇA O CÂNCER DE MAMA COM 5 ‘estratégias de sobrevivência’

  1. Very interesting topic , appreciate it for posting . The friendship that can cease has never been real. by Saint Jerome. dfekbgkgdaef

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *