O “MÚSCULO DA ALMA” – RAIZ DA SUA ANSIEDADE E MEDO

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

O “Músculo da Alma” – raiz da sua ansiedade e medo

Músculo psoas
Músculo psoas

Tenho certeza de que você já ouviu que a sua depressão, seu medo e sua ansiedade estão tudo em sua cabeça. Na verdade, tudo pode estar em sua bunda. O.o Mas quê??? Calma que a gente explica, tá. 😀

Isso graças ao músculo psoas maior, às vezes referido como o “músculo da alma.” O músculo é responsável pela estabilização do corpo. Aloja-se perto do osso do quadril e afeta a sua mobilidade, equilíbrio, movimentos articulares, flexibilidade, e muito mais. É responsável por ajudar a manter o corpo ereto e em movimento.

Um estudo sugere que o músculo psoas pode estar ligado a mais do que apenas a sua mobilidade. Pode ser relacionado ao ser o seu bem-estar geral também.

“O psoas literalmente encarna o nosso mais profundo desejo de sobrevivência, e mais profundamente, o nosso desejo elemental de florescer”, diz Liz Koch, autora do título – The Psoas Book. Com isso em mente, é fácil pensar que há muito mais sobre o psoas.

Psoas maior e menor
Psoas maior e menor

O psoas também está ligado ao diafragma, onde a respiração é modulada. É também onde muitos dos sentimentos físicos de ansiedade se manifestam. Koch acha que há uma ligação direta entre o psoas e a medula espinhal, o que leva à parte mais antiga de nosso cérebro – o cérebro reptiliano.

O cérebro reptiliano se ocupa mais com a luta ou fuga, sem pensar. “Muito antes da palavra falada ou da capacidade de organização do córtex desenvolvido, o cérebro reptiliano, conhecido por seus instintos de sobrevivência, tem mantido o nosso centro de funcionamento essencial”, diz Koach.

Assim, quando os psoas fica tenso, seu cérebro reptiliano também pode estar tenso, deixando-o com um sentimento geral de angústia e exaustão. Então, como podemos alongar esse músculo? O vídeo abaixo é um excelente recurso sobre a forma de aliviar a tensão dos músculos psoas.

Mas e eu, Tais? Posso?

Os exercícios demonstrados no vídeo são muito simples de se realizar, permitindo até mesmo pessoas que não praticam exercícios regularmente sentirem o bem-estar do alongamento e alívio da tensão no psoas. Se você não entende bulhufas de inglês, apenas observe a sequência. É muito simples mesmo. Que as dicas aqui lhe ajudem! Aproveite!

Gostou do artigo?

Curte e compartilha que inspira! 😀

[Via]

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *