ESTUDO: Cogumelos com psilocibina estimulam o crescimento de novas células cerebrais

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Estudo: Cogumelos com Psilocibina estimulam o crescimento de novas células cerebrais

cogumelos mágicos
Cogumelos com Psilocibina. Via: Shots Studio.

Por Aaron Kase

Cogumelos psicodélicos já tem uma reputação de ajudar as pessoas a abrirem suas mentes e a ampliarem sua perspectiva sobre o mundo. Eles têm demonstrado uma capacidade de combater transtornos mentais como depressão e ansiedade. Agora, a pesquisa científica está mostrando que os cogumelos mágicos podem realmente ajudar fisicamente a reconstruir um cérebro danificado.

Em um estudo realizado pela Universidade do Sul da Flórida e publicado em 2013 na revista Experimental Brain Research, os pesquisadores mediram os efeitos de cogumelos em ratos que tinham sido condicionados a temerem certos estímulos.

Os resultados foram impressionantes: A psilocibina, principal ingrediente ativo nos cogumelos psicodélicos, foi capaz não só de ajudá-los a superar seu medo, como promoveu o crescimento celular e a regeneração em seus cérebros.

Durante o experimento, os ratos foram expostos a um tom auditivo ao receber um choque elétrico, treinando-os a temer o ruído, mesmo quando o choque não fosse administrado.

Os ratos que receberam doses baixas de psilocibina, no entanto, foram rapidamente capazes de deixar a sua aversão ao tom, enquanto os ratos que não tomaram a substância levaram mais tempo para voltar ao normal. “Eles pararam de ‘congelar’; eles perderam o medo”, o co-autor do estudo Dr. Juan Sanchez-Ramos disse à Live Science.

Além do mais, os ratos psicodélicos apresentaram crescimento de novas células cerebrais, e talvez apagaram memórias de respostas de medo. Os investigadores acreditam que a psilocibina faz ligação com receptores cerebrais que estimulam o crescimento e cura, que atuam no hipocampo, uma pequena parte do cérebro que é essencial para a aprendizagem e a formação de memórias. Visto que o Transtorno de Estresse Pós-Traumático TEPT é tido como resultado de uma resposta semelhante, em que os pacientes não conseguem separar um estímulo proveniente, de um evento traumático, a psilocibina talvez pudesse ajudá-los a curar seus cérebros como o fez para os ratos.

“A memória, a aprendizagem e a capacidade de reaprender que um estímulo, uma vez ameaçador não é mais um perigo, depende absolutamente da capacidade do cérebro de alterar suas conexões”, o líder do estudo Dr. Briony Catlow do Instituto Lieber para o desenvolvimento cerebral, disse ao Real Clear Science. “Acreditamos que a neuroplasticidade desempenha um papel essencial na aceleração da extinção do medo pela psilocibina.”

“É muito possível que, no futuro, vamos continuar estes estudos, uma vez que muitas questões interessantes têm surgido a partir desses experimentos”, disse Catlow. “A esperança é que possamos estender os resultados para os seres humanos em ensaios clínicos.”

Cogumelos mágicos Via: Atomazul
Cogumelos mágicos
Via: Atomazul

Os psicodélicos funcionam, em parte, substituindo a “conexão modo padrão” no cérebro, que é vista como responsável por fazer a mente vagar, pela autocrítica e uma incapacidade de se concentrar além do mundo exterior. Em vez disso, as substâncias ajudam as pessoas a se concentrarem em viver o momento, semelhante a muitas práticas de meditação orientais. Isso também pode ajudar com TEPT, bem como em outros transtornos mentais como a depressão.

“As pessoas com depressão têm conexões no modo padrão hiperativas e assim ficam ruminando sobre si mesmos, sobre as suas insuficiências, sobre sua maldade, que eles são inúteis, que eles falharam – de tal forma que é, por vezes delirante,” David Nutt, do Imperial College of Londres Neuropsychopharmacology Unit, disse a Natural News. “[Psilocibina] parece bloquear essa atividade e da um basta nesta análise obsessiva.”

O valor terapêutico se mostra claro. “[A psilocibina] facilita a extinção da resposta de medo classicamente condicionada, e ela, e agentes semelhantes, devem ser explorados como potenciais tratamentos para transtorno de estresse pós-traumático e condições relacionadas”, conclui o estudo. No entanto, apesar de seu sucesso demonstrado e potencial ilimitado, a psilocibina é atualmente proibida pelo governo dos EUA, considerada uma droga de abuso e sem valor medicinal.[Via]

Link pra pesquisa completa em inglês: aqui.

Interessado em adquirir cogumelos no Brasil? A CoguFarm produz cogumelos da melhor qualidade e disponibilizam para a venda em sua e-shop:

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

One thought on “ESTUDO: Cogumelos com psilocibina estimulam o crescimento de novas células cerebrais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *