SE VOCÊ É ALGUÉM QUE COSTUMA BEBER ÁLCOOL REGULARMENTE, PRECISA LER ISTO

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Se você é alguém que costuma beber álcool regularmente, precisa ler isto

parar com o álcool

Eu gostaria de ter aprendido as seguintes informações anos atrás, ou pelo menos ter sido mais atento a isso. Enquanto eu vejo ser do conhecimento comum que o álcool não é particularmente bom para nós, eu não acredito que muitos de nós sabemos o quão ruim é. Eu mesmo fiquei chocado ao saber que ele é um conhecido agente cancerígeno, e fiquei ainda mais surpreso ao descobrir que o consumo regular de álcool, na verdade, inibe a capacidade natural do corpo de produzir vitaminas cruciais.

Considerando-se que o álcool é um depressor, esta informação torna-se clara de como pode afetar negativamente tanto a saúde física como a mental, muitas vezes levando a um círculo vicioso de auto medicação. Vamos dar uma olhada em alguns dos efeitos negativos do álcool sobre o corpo a longo prazo.

Conhecido agente cancerígeno

Muitos estudos correlacionam claramente o consumo de álcool e o desenvolvimento de câncer, associando o moderado a regular consumo de álcool aos seguintes tipos de câncer: câncer de cabeça e pescoço, câncer de esôfago, câncer de fígado, câncer de mama, câncer colorretal, e muito mais.

“Com base em extensas revisões de estudos de investigação, existe um forte consenso científico de associação entre o consumo de álcool e vários tipos de câncer.” National Cancer Institute

Diminuição da produção de vitamina B12

Estudos têm mostrado que o consumo de álcool em excesso compromete os seus níveis de vitamina B12. Se você já é ou tornar-se deficiente desta vitamina essencial, sua saúde pode sentir muito. Estudos recentes também concluíram que o uso até mesmo regular e moderado de álcool pode afetar seus níveis de vitamina B12.

Diminuição da vitamina D e da absorção de cálcio

O álcool interfere no pâncreas e na sua capacidade de absorver o cálcio e a vitamina D. O álcool também afeta o fígado, que é importante para a ativação de vitamina D, necessária para a absorção de cálcio adequada. Esta cascata de efeitos pode conduzir a problemas com a regeneração óssea.

Danos ao fígado (cirrose)

A cirrose hepática ocorre quando o fígado torna-se cheio de cicatrizes, e ao mesmo tempo que uma série de coisas possa causar isso, a causa mais comum é o abuso de álcool. Cirrose do fígado pode ser muito grave, até mesmo fatal, e muitas vezes a única maneira de reverter isso é através de transplante.

Depressivo

Pode parecer atraente e até mesmo capacitante como o sentimento de redução das inibições e aumento da confiança que o álcool provoca, mas ele é um depressor que reduz os níveis de serotonina no cérebro. Muitas pessoas recorrem ao álcool para aliviar a depressão, mas muitas delas realmente a desenvolvem por causa do álcool, daí por que isso pode se tornar um círculo muito vicioso para algumas pessoas.

Perda de memória

O consumo de álcool retarda processos no cérebro, muitas vezes resultando em perda de memória. Beber em excesso, além disso, pode resultar em completos “apagões”, fazendo com que você se esqueça de onde você estava, o que você fez e com quem estava. Com o tempo, ele pode tornar difícil de lembrar eventos que acontecem mesmo quando sóbrio.

O que acontece com o corpo imediatamente e, especialmente, no dia seguinte?

O álcool irrita o estômago e intestinos, o que provoca uma inflamação no revestimento do estômago e o esvaziamento do estômago atrasado.

Torna-o desidratado, o consumo de 50 g de álcool em 250 mililitros (ml) de água (isto é, aproximadamente quatro doses) produz a eliminação de 600 a 1000 mL (ou de um quarto) de água ao longo de várias horas.

O álcool inibe a produção de glutamato, o glutamato é um estimulante, cujo trabalho é nos manter acordados. No entanto, quando nossos níveis de álcool no sangue voltam a zero (isto é, a hora da ressaca), nosso corpo reage pela superprodução deste estimulante, o que resulta em sonos interrompidos.

De acordo com esta pesquisa, uma possível explicação para o álcool induzir à ressacas é que o álcool afeta os neurotransmissores, histamina, serotonina e prostaglandinas.

Quanto é muito?

De acordo com o Centro Canadense de Dependência e Saúde Mental, as mulheres não devem beber mais do que 10 doses por semana, ou não mais de 2 drinques por dia. Homens não devem beber mais de 15 doses por semana, ou não mais do que 3 ao dia. E você não deve beber diariamente. Eu não sei sobre você, mas em um dia que eu saio e planejo beber é muito raro que eu vá consumir apenas 2 doses. Por exemplo, nos EUA um de cada seis adultos bebem recreacionalmente 4 vezes por mês com uma média de 8 doses por saída.

Algumas reflexões pessoais sobre o assunto

Aprender como o álcool é realmente prejudicial para a nossa saúde verdadeiramente fez a “investigação da verdade” ao me perguntar por que ele é pesadamente promovido na grande mídia. Não é sempre que você assiste um programa de TV ou um filme onde os personagens não estão a consumir regularmente grandes quantidades de álcool, e estes dois personagens, ou aqueles em propagandas de bebidas alcoólicas são retratados, em graus variados, como sexy, legais, espontâneos e divertidos. Na verdade, a promoção do álcool no mercantilismo dominante foi registrado ter ultrapassado 8 bilhões em publicidades entre 2002 e 2009. Enquanto o conhecimento dos perigos do álcool está longe de ser tão comum como o de, digamos, fumar, isso ainda deixa a pergunta, por que isso é mantido no escuro? Muita informação está chegando a frente nestes dias sobre como o açúcar é o tabaco do século 21 e assim por diante, mas parece que a verdade sobre os perigos do álcool são em grande parte ainda ignorados.

Mesmo muitos blogs de saúde alternativa populares não parecem prestar muita atenção à ideia. Isto seria porque muitas pessoas apreciam o álcool e a forma como ele os faz sentir e preferem fechar os olhos? Ou há um grande interesse em manter esta informação quieta? Não sou um total negativista, mas tudo isso me faz lembrar de George Orwell de 1984 e como os personagens carentes da história deram ao álcool apenas o papel de mantê-los felizes e ajudá-los a escapar de sua outra forma de existência miserável.

Por favor, não me interpretem mal – eu gosto de álcool, tanto quanto qualquer pessoa próxima, ou talvez ainda mais, já que pode ser uma ótima maneira de se soltar, se divertir, ou mesmo apenas relaxar, mas esta informação realmente tem me feito pensar recentemente. Especialmente depois de abster-me de álcool no mês de Fevereiro, percebendo o quanto eu me senti melhor no dia-a-dia e vendo o quanto mais eu era capaz de fazer, eu acho que isso é algo que nós poderíamos ter todo o benefício de examinar mais de perto.

O que você acha?

Se você é alguém que aprecia um ocasional copo de vinho ou um par de cervejas de vez em quando, você pode muito bem não concordar com este artigo. É também provável que, se você está vivendo num estilo de vida saudável, estes efeitos negativos não terão muito impacto em você. Mas se você é alguém que bebe regularmente, ou que utiliza o álcool como uma fuga, esta informação é realmente valiosa para se levar em consideração. Por que não fazer uma pausa no álcool e ver se o seu humor melhora? Se você achar que você está usando o álcool como um meio de lidar com o estresse, considere uma alternativa, como ir fazer uma corrida ou caminhada, passar alguns minutos na sauna, ou mesmo meditando. Tente fazer algo de positivo para lidar com o estresse, em vez de escapar dele com álcool.

Alguns benefícios de cortar um pouco ou deixar para trás o Álcool

  1. Melhora do humor
  2. Mais economia
  3. Menos ou nenhuma ressaca
  4. Mais tempo para fazer as coisas
  5. Não ter arrependimento de algo estúpido que você pode ter feito
  6. Melhor memória
  7. Estilo de vida mais saudável

E você já desistiu de álcool, ou fez um esforço consciente para cortá-lo? Qual tem sido sua experiência? Por favor, compartilhe nos comentários abaixo!

Muita paz e muito amor!

Publicado previamente aqui

Tradução @BrotandoConsciência

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

One thought on “SE VOCÊ É ALGUÉM QUE COSTUMA BEBER ÁLCOOL REGULARMENTE, PRECISA LER ISTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *