IMAGENS SURPREENDENTES: AS MELHORES FOTOS DE CIÊNCIA DA SEMANA

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Imagens surpreendentes: As melhores fotos de Ciência da semana

Cada semana encontramos os artigos mais interessantes e informativos que podemos e ao longo do caminho descobrimos imagens incríveis e legais. Aqui você vai descobrir 10 fotos incríveis e as histórias por trás delas.

Sapo minúsculo:

sapo minúsculo

Quatro espécies de sapo recém-descobertas na Índia são pequenas o suficiente para caber em uma unha de polegar com espaço de sobra.

Confronto submarino – polvo vs. caranguejo:

polvo vs caranguejo

Adivinha quem sobrevive a este encontro oceânico? É uma surpresa!

Carinhas únicas de Lêmures:

lêmures

O software de reconhecimento facial modificado está ajudando cientistas a reconhecer indivíduos à distância.

 Caverna de cristal:

Microrganismos foram encontrados dentro de enormes cristais de selenita em uma caverna em Chihuahua, no México. Eles podem ter até 50.000 anos de idade.

 Preguiças em Realidade Virtual:

bicho preguiça

Experimente a beleza e a biodiversidade da floresta amazônica através de um novo vídeo de realidade virtual.

 Restos de um verme antropófago:

Um verme antigo recentemente descoberto que teria crescido mais de 1 metro de comprimento é o mais antigo “Bobbit worm” já descoberto.

 Ratos gigantes?

Cientistas descobriram um crânio quase completo e uma mandíbula de um par de roedores gigantes pertencentes a um grupo que viveu há milhões de anos na América do Sul.

 Chaco Canyon:

Centenas de anos antes de Cristóvão Colombo desembarcar no Novo Mundo, uma sociedade complexa no que é agora o Novo México passava o poder através de sua linhagem materna, um novo estudo encontrou.

Abelhas atléticas:

As abelhas rolam bolinhas minúsculas e marcam metas em miniatura, em um novo estudo demonstrando suas capacidades para aprendizado complexo.

Monstro sem espinhos:

O monstro de Tully, de 307 milhões de anos – um animal marinho com olhos como um martelo e uma boca semelhante a uma pinça – era provavelmente uma criatura sem cor, descobriu um novo estudo.

Via LiveScience

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *