Relaxamento pode prevenir e reverter problemas de saúde relacionados ao estresse

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Relaxamento pode prevenir e reverter problemas de saúde relacionados ao estresse

 A resposta de relaxamento parece gerir o stress e algumas condições crônicas nos níveis mais profundos.

relaxar estresse

O estresse crônico tem um grande peso no organismo: ele contribui para tudo, desde pressão arterial elevada e doenças cardíacas à ansiedade, distúrbios digestivos e cicatrização lenta. Por outro lado, o controle do estresse ajuda a controlar muitas doenças crônicas ou a reduzir o risco de desenvolver essas doenças. As estratégias incluem exercício regular, uma dieta saudável e melhor sono. E uma estratégia em particular – praticar a resposta de relaxamento – pode permitir que você gerencie o estresse desde os seus genes.

O oposto do estresse – anti-estressor

A resposta de relaxamento é o oposto da resposta do estresse do corpo (luta ou fuga). Ela pode ajudar a baixar a pressão arterial, frequência cardíaca, taxa de respiração e níveis de hormônio do estresse.

“Ela faz ainda mais do que isso: quando você desencadeia a resposta de relaxamento, você libera hormônios benéficos e reduz a atividade de genes prejudiciais”, diz o Dr. Darshan Mehta, diretor médico do Instituto Benson-Henry afiliado ao Harvard Institute for Mind Body Medicine no Massachusetts General Hospital.

Resposta de relaxamento e genes

Na última década, vários estudos do Instituto Benson-Henry sugeriram que a resposta de relaxamento está associada a mudanças nos genes que influenciam a saúde. Entre os achados estão os seguintes efeitos:

Pressão sanguínea. A resposta de relaxamento pode ativar genes associados à dilatação dos vasos sanguíneos e reduzir a atividade dos genes associados com o estreitamento e inflamação dos vasos sanguíneos. “Ela aumenta a produção de óxido nítrico, o que aumenta a elasticidade dos vasos sanguíneos e os relaxa”, diz o Dr. Mehta. Isso pode ajudar a baixar a pressão arterial.

Nível de glicemia. A resposta de relaxamento pode melhorar a atividade da insulina ativando genes que ajudam a controlar o açúcar no sangue.

Digestão. A resposta de relaxamento pode reduzir a atividade de genes diretamente ligados aos processos de doença inflamatória intestinal (incluindo doença de Crohn e colite ulcerativa). “O estresse estimula o trato digestivo, que pode causar diarreia ou náusea. A resposta de relaxamento retorna o movimento gastrointestinal para um estado equilibrado”, explica o Dr. Mehta.

Inflamação. “A resposta de relaxamento parece desligar genes implicados na inflamação, e a própria resposta ao estresse”, diz Dr. Mehta. Como nós precisamos da inflamação para combater a infecção e curar o corpo, o estresse crônico coloca o corpo em um estado constante de inflamação. Isso pode aumentar o acúmulo de placa dentro das artérias coronárias, o que pode aumentar o risco de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral e dor no peito (angina pectoris), e também pode desencadear o crescimento de células desreguladas, contribuindo para o risco de câncer. Isso significa que a resposta de relaxamento pode prevenir problemas de saúde, ou mesmo reverter problemas de saúde que já apareceram? “É encorajador, e estamos estudando essa questão agora”, diz o Dr. Mehta.

Acionando a resposta de relaxamento

Para praticar estimular a resposta de relaxamento, basta sentar-se em um lugar calmo com os olhos fechados. Respire fundo; Relaxe os músculos; E silenciosamente repita uma palavra, frase, som, ou oração curta de sua escolha, uma e outra vez, como “um” ou “paz”. Se surgirem pensamentos soltos, deixe-os ir e vir, e retornando sempre à sua palavra, frase ou som.

Praticar essa abordagem por 10 a 20 minutos por dia traz benefícios fisiológicos positivos. Quanto mais você praticar a resposta de relaxamento, mais benefícios você verá com o tempo.

Veja: 10 conselhos de Dipa Ma para meditar

Outras formas de chegar lá

Outras técnicas que evocam a resposta de relaxamento incluem meditação mindfulness, tai chi, yoga e os seguintes métodos.

Respiração focalizada. Concentrar-se em respirações lentas e profundas pode ser calmante. Certifique-se de que sua barriga se move para dentro e para fora conforme você respira.

Uma varredura corporal. Concentre-se em uma parte do corpo. Imagine que essa parte está aberta, quente e relaxada, e que você está liberando a tensão daquela área. Vá para outra parte do corpo e repita o processo.

Imaginação guiada. Criar uma cena calmante em sua mente que faz você se sentir relaxado. Pode ser um lugar ou uma experiência. Permita que seus sentidos sejam envolvidos, imaginando os cheiros que você está encontrando, os sons que você está ouvindo, e as maneiras que as coisas tocam suas mãos.

Oração repetitiva. Repita uma oração favorita de sua crença ou silenciosamente ou em voz alta. Você pode usar um guia (como sua respiração ou um rosário) para ajudar com a repetição.

Via Harvard Health Publications

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *