SIMILAR A MORFINA: este analgésico natural pode ser cultivado em seu jardim

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

SIMILAR A MORFINA: este analgésico natural pode ser cultivado em seu jardim

Embora pareça ser um segredo muito bem guardado, a alface selvagem é um poderoso analgésico e possui uma história de uso como alternativa ao alívio da dor.

Lactuca virosa (lactucarium)

De machucados a doenças, a dor é um sintoma ou patologia muito comum que derruba até os mais fortes. É tão prevalente que atualmente estamos vendo uma grande epidemia com dependência de opiáceos.

Infelizmente, com tantos precisando encontrar alívio para dores, isso leva uma grande parte da nossa população a se tornar dependente de um curativo químico, que muitas vezes apenas disfarça o problema, em vez de resolver a causa.

Infelizmente, está ficando tão difundido que o campo médico vê muitos dos que realmente precisam como “buscadores”. Então, em vez de aliviar a dor tangível, as pessoas estão sendo desviadas. Como resultado, elas estão encontrando ilegalmente, clínicas de dor e reabilitações estão aparecendo por toda parte, tentando combater o vício.

A Alface selvagem como uma alternativa saudável

alface selvagem analgésico natural
‘alface selvagem’

Lactuca Virosa é o nome científico dessa planta, e muitas pessoas a usam no lugar de medicamentos viciantes prescritos para dor. É uma planta frondosa e alta, com pequenos eixos amarelos, e pode ser cultivada diretamente na sua porta.

Mais comumente encontrada na América do Norte e na Inglaterra, é um primo da alface que normalmente vemos na mercearia. Também é chamada de alface amarga, ou mais apropriada ao propósito discutido aqui, alface de ópio.

A razão pela qual é conhecida como alface de ópio, é devido aos efeitos sedativos e de alívio da dor (analgésico/anestésico) que se sabe serem produzidos pela substância branca encontrada no caule e nas folhas.

Esta substância leitosa é chamada lactucarium. E, embora não contenha opiáceos, tem efeitos colaterais similares quando usado – age diretamente no sistema nervoso central (SNC) para diminuir a sensação de dor, assim como a morfina.

Embora pareça ser um segredo muito bem guardado, a alface selvagem possui uma história de uso como alternativa ao alívio da dor.

Uso histórico

alface selvagem
Lactuca virosa

No século XIX, a alface selvagem já estava sendo usada por alguns como um substituto do ópio. Mas, foi nos anos 70 que começou a ganhar popularidade significativa por aqueles que queriam um remédio mais natural. Os indivíduos estavam começando a usá-la para alívio da dor, bem como para fins recreativos.

As pessoas que usavam alface selvagem preparavam-no de maneiras diferentes, começando no dia anterior ao uso. Uma maneira era cozinhar a planta numa panela um água e açúcar, até que ela fosse reduzida a uma consistência espessa semelhante ao xarope. Embora esta fosse uma forma efetiva, era bastante amargo mesmo com o açúcar adicionado.

A forma mais comum, no entanto, era secar o caule e as folhas para usar como um chá de ervas.

O chá continua popular hoje. Mas a planta também está sendo secada para fumar ou vaporizar. Se você não gosta de cultivá-lo você mesmo, ele também pode ser comprado como uma erva seca, extrato ou resina.

Outros benefícios

Aqui estão as principais razões pelos quais as pessoas estão interessadas neste analgésico natural e planta medicinal:

Enxaqueca – Pessoas que o utilizam para este propósito afirmam que experimentam menos enxaquecas do que antes de iniciar o uso da erva.

Insônia – O uso de alface selvagem é frequente por pessoas com problemas para dormir. Ela produz um estado de consciência relaxado e eufórico, ajudando a pessoa a adormecer mais fácil, sem os efeitos viciantes das drogas pesadas para dormir comumente prescritas.

Ansiedade – A alface selvagem pode atuar como um sedativo suave, permitindo que pessoas com ansiedade experimentem alívio do estresse que ela causa.

Asma e tosse – A alface selvagem tem propriedades antitussígenas, que aliviam ou param a tosse. Além disso, foi observado que os pacientes asmáticos que usaram opiáceos apresentam mais episódios de crises se eles passam pela retirada de opiáceos. Assim, o uso de alface selvagem em vez de opiáceos prescritos, poderia ser uma opção melhor para essas pessoas.

Além dos benefícios acima, a alface selvagem produz um estado eufórico, semelhante aos opiáceos, mesmo que não contenha nenhum opiáceo real … sendo ela perfeitamente legal.

Legal né?

E você já substituiu algum medicamento viciante por alternativas mais naturais e suaves?

Compartilhar suas experiências pode ajudar muita gente!

Abraços,

Paz amor e luz.

Via Corespirit

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *