8 RAZÕES PELAS QUAIS A CIÊNCIA RECOMENDA PASSAR MAIS TEMPO AO AR LIVRE

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

A ciência já demonstrou muitas razões pelas quais você deve passar mais tempo ao ar livre

Natureza

A romancista Jane Austen disse: “Sentar à sombra em um dia bom e olhar para verde é o refresco mais perfeito.” E quem poderia argumentar com ela? Eu sei que eu não posso. Apreciando a magnificência de árvores, inalando ar salgado oceano, ou me maravilhar com as cores suntuosas de um campo de flores sempre me enche de um sentimento de admiração e renova o meu espírito.

Há uma boa razão porque tantos artistas e poetas têm encontrado inspiração na beleza da criação. A pesquisa mostrou que o tempo gasto na natureza pode beneficiá-lo mentalmente e fisicamente, em uma variedade de maneiras surpreendentes.

Se você sentir vontade de fazer um passeio fora no meio do dia, e sentir que é necessário para o seu bem-estar, provavelmente você está certo.

Então aproveite! Veja as oito razões comprovadas pela ciência para passar mais tempo a desfrutar do ar livre.

1. Passar o tempo na natureza aumenta o seu senso de vitalidade.

Uma série de estudos analisou os efeitos da natureza sobre os níveis de auto-relato de vitalidade dos participantes. Os resultados mostraram que o tempo gasto na natureza (e até mesmo olhando fotos dela ou visualizando cenas da natureza) aumentou a energia dos participantes. Não é nenhuma surpresa: quando você está fora, você desperta os seus sentidos. Rodeado pelas cores, cheiros e sons de todos os seres vivos na natureza, você literalmente sente a vida ao seu redor. E, como resultado, você se sente mais vivo.

2. A exposição à natureza torna-o mais resistente ao estresse.

Em um estudo, foi apresentado aos participantes um vídeo traumático (de acidentes de trabalho, no caso de você estar curioso), seguido por um vídeo que mostrava cenas ao ar livre ou da natureza ou ambientes urbanos. Os pesquisadores descobriram que os indivíduos que viram as cenas da natureza mostraram recuperação física mais rapidamente dos efeitos do estresse do que os indivíduos que viram cenas urbanas. Sair ao ar livre pode ser o remédio mais natural que existe para todos os diferentes tipos de cura.

3. Exercício na natureza eleva o seu humor.

Nós todos sabemos que o exercício produz endorfinas e melhora o humor. Então, adicione a natureza para a equação e nós temos todo um novo nível de recursos naturais para impulsionar o humor. Uma revisão de diversos estudos constatou que exercita-se ao ar livre melhorou o humor e  a auto-estima dos participantes depois de apenas cinco minutos de prática. Curiosamente, ter água no ambiente exterior verificou-se ser particularmente benéfico.

4. Passar o tempo na natureza ajuda a se concentrar.

A pesquisa mostrou que quando as pessoas gastam um tempo na natureza, isso pode ajudar a sua capacidade de concentração. Por exemplo, um estudo descobriu que crianças com TDAH mostraram significativamente melhor concentração depois de tomar uma caminhada de 20 minutos na natureza, em comparação com uma caminhada em um cenário urbano.

Outro estudo mostrou que tomar um passeio no parque (ou mesmo apenas olhando para o espaço verde) ajudou a aliviar a fadiga cerebral e aumentar as habilidades dos participantes de se concentrar. Passar um tempo fora nos faz sentir conectados a um quadro maior da vida. Sentimo-nos em sintonia com os ritmos da natureza, e, como resultado, menos distraídos pelos pequenos estressores da cada dia. Quem sabia que o cheiro de grama poderia ser um elixir para a concentração?!

5. Estar perto de espaços verdes pode melhorar sua saúde mental.

Um estudo que acompanhou os participantes ao longo de cinco anos, descobriu que a mudança para uma área que tem mais espaço verde aumentou a sensação dos participantes de bem-estar. E este efeito durou por três anos! Vamos todos acordar e cheirar as rosas!

6. Passar tempo na natureza pode impulsionar o seu sistema imunológico.

Os pesquisadores descobriram que passar tempo na natureza aumenta o seu sentimento de temor (por exemplo, a sensação de maravilha que você sente como um resultado de ser esmagado pela beleza de um pôr do sol ou a vastidão do oceano). Quem não vai sentir temor assim? Não há nenhuma razão em sua vida pra não dever se sentir incrível. Não só o temor torna-o mais consciente do momento presente e aumenta sua satisfação com a vida, como a admiração também está ligada a níveis inferiores de citocinas, que são marcadores de inflamação. Em outras palavras, a ciência diz que você vai ser mais saudável e mais inclinado para suas próprias aventuras impressionantes se você sair para a natureza com mais frequência.

7. Estar perto de espaço verde pode até mesmo aumentar sua vida útil.

Um estudo com duração de cinco anos, realizado com idosos japoneses indicou que viver perto de áreas com espaços verdes tranquilas foi associado a uma probabilidade menor de morrer durante o estudo. Esta relação foi encontrada mesmo após o controle de variáveis ​​como renda, idade, sexo, estado civil, e outros fatores relevantes. A hora é agora para curtir ao ar livre!

8. Não é possível aproveitar ao ar livre? Ter plantas de interior pode afetar positivamente a sua saúde.

Se o tempo não permite que você passeie ao ar livre, trazer a natureza para dentro  de casa também pode beneficiá-lo. Por exemplo, um estudo de pacientes hospitalizados se recuperando de cirurgia descobriu que os indivíduos que foram aleatoriamente designados para quartos que tinham plantas apresentaram menor pressão arterial e frequência cardíaca, escalas mais baixos de dor, ansiedade e fadiga, e necessitou de menos doses de medicação para a dor em comparação com pacientes que não tinham plantas.

A moral da história? O Naturalista John Muir bem disse: “Suba as montanhas e obtenha suas boas notícias. A paz da natureza fluirá em você como a luz do sol flui em árvores. Os ventos soprarão seu próprio frescor em você, e as tempestades sua energia, enquanto as preocupações vão cair fora de você que estará a gostar das folhas de outono.” [MindBodyGreen]

Crédito da foto: Brotando Consciência/Tais Queiroz

Adoraríamos saber sua opinião! Comente! Participe!

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *