Como plantar e cuidar de Manjericão

basilico manjericão
Facebooktwitterpinterest

Saiba como plantar seu manjericão e mantê-lo saudável

 

Olá leitores queridos!

Muitos de nós já percebemos o quanto é prazeroso ter plantas em casa, não é?! Aqui mesmo já publicamos algumas constatações científicas sobre como ter um dia a dia mais harmonioso e cheio de energia para nossas missões. E ter plantas em casa é uma ótima forma de garantir uma boa energia circulando por onde estamos.

Sabemos também que ter plantas dentro de casa, na varanda ou num jardim é uma ótima maneira de manter-se em contato com a natureza. Boas opções de plantas são as hortaliças e temperos que podemos usar na comida. Com certeza ficará animado quando puder colher seus próprios condimentos sem agrotóxicos, inseticidas e o melhor sempre fresquinhos, com os nutriente da planta preservados. Uma das partes mais legais de cuidar das plantas é ver elas se desenvolverem com firmeza, ficando bonitas e saudáveis. Sei como é chato ver uma plantinha morrer e não saber o que fazer, perder um vaso verdinho para fungos, por não saber direito como cuidar de uma hortelã por exemplo…

Por isso, separamos as melhores dicas de como plantar o manjericão, essa erva maravilhosa de aroma muito gostoso. As folhinhas do manjericão são bem utilizadas em saladas e molhos para massas. Eu particularmente adoro experimentar de várias formas, então se acho que vai dar sabor e combina com determinada comida, vou e faço o teste. Deu vontade de tomar chá? Também é uma boa pedida.

Existem muitas variações de manjericão, cada uma delas com um sabor e aroma único. Informe-se sobre os diferentes tipos de manjericão e escolha um – ou vários – que lhe agrade mais. Aí é só comprar sementes numa loja de jardinagem, pois essa é uma planta fácil de cultivar. Pode também plantar aquelas mudas frescas, encontradas no supermercado, desde que ela venha com raízes, é só por no local adequado que dá certo.

Algumas variações

Manjericão-canela: tem o aroma do tempero doce e também dá flores excepcionalmente belas e perfumadas.

Manjericão-limão: realmente contém citral (lemonal), um composto aromático encontrado em frutas cítricas, e tem um odor semelhante ao do limão.

Manjericão-roxo: geralmente cultivado para fins decorativos, e pelo seu aroma e flores.

Como plantar

manjericãoEssa é uma erva de caule pouco rígido que chega até 45 cm de altura. Quando for semear em vaso, floreira ou sementeira coloque 1-2 sementes em cada buraquinho. Algumas pessoas gostam de colocar um plástico filme sobre o recipiente que estiver semeando para garantir a umidade suficiente para as plantas brotarem. Nem sempre faço essa cobertura, uso mais para plantas que são mais difíceis de cultivar, mas sempre cuido com a umidade do solo, e o local evitando muito sol, e falta total de luz. Um fator importante é que não deixe as sementeiras expostas ao clima muito frio, dependendo de sua região. Agora, se você tem espaço num jardim, eu mesma já joguei sementes que nasceram sozinhas, sem eu precisar cobri-las com a terra, apenas a água da rega e da chuva foi suficiente para que nascessem muitas plantas, no seu tempo, é claro. Só por uma questão de gosto mesmo, jogar as sementes e ver no que dá, depois de um tempo. Porém como não escolhi exatamente onde joguei as várias sementes, alguns pés de manjericão e de salsinha (vítimas da experiência) nasceram muito junto uns dos outros. Como disse acima, o ideal é manter uma distância de 15cm de uma planta para outra.

Para a semente germinar, basta manter o solo úmido, regando uma vez por dia e um pouco de luz solar indireta, nunca o sol muito forte, entre as 10 e as 16 horas. Quando vir o primeiro sinal da planta brotando, é hora de retirar o plástico filme e manter a rega mais frequente, se necessário. Isso varia dentre outros fatores conforme a quantidade de terra que a muda tem disponível. Se é num copinho, ou num vaso, a capacidade dessa terra manter a umidade vai ser variar conforme o recipiente, e inclusive com o clima do dia. Afinal, a vida não é estática, mas sim fluida, adaptativa, mutante. Se ligue nos sinais!

Transplante

Quando a planta tiver ao menos 2 pares de folhas pode transplantar para um local definitivo. Escolha um local adequado, vaso espaçoso, floreira ou canteiro e deixe uma distância de pelo menos 15cm entre as mudas, pois ficam bem grandes à medida que crescem. O manjericão é uma planta que gosta de sol, e não suporta baixas temperaturas, portanto observe isso na hora da escolha. A maioria das plantas se desenvolve bem com um pouco de sol, em meia sombra, aqueles locais em que há iluminação durante a maior parte do dia, mas que o sol forte não bate diretamente. Fique atento com as que não se desenvolvem bem, e precisam mais de sombra, o que não é o caso do manjericão. Lembre-se de regar, mas não manter encharcado. Basta um solo úmido. É suficiente.

Colher e Podar

Bem, se a sua planta já está grandinha o suficiente pra poder colher algumas folhas e usar… Agradeça, porque já deu certo! Agora é cuidar… Pesquisando vi que o manjericão pode variar, mas no geral vive muito bem. Algumas pessoas tem manjericão grande e volumoso vivo há mais de 3 anos. O mais importante entendi que é não ter medo de podar o galho com as flores. Mas como? Vamos lá… É simples, sem grilhões.

muda de manjericãoAbaixo das flores terá uma dupla de folhas novinhas, menores, que são brotinhos, você deve sempre, cortar o galho só um pouco acima desse par de folhas novas, sem danificá-las, ou acima de um nó, no caso de estar sem folhas. Para gerar flores e sementes a planta usa muita energia, quando podamos regularmente ela consegue enviar os nutrientes e a força necessária para os novos brotos, ficando mais forte e com folhas que crescem e se desenvolvem com o aroma melhor. Pode deixar apenas algumas flores, se quiser para enfeitar, e o cheiro evitar certas pragas. Se deseja folhas com sabor mais intenso, a colheita deve ser feita no início das florações.

Portanto é importante podar, além das flores, os galhos que estão muito longos e com poucas folhas. As folhinhas dos galhos retirados na poda já são uma boa colheita.

Como cortar? Encontramos dicas de produtores que indicam sempre que podar usar a tesoura de poda (com as lâminas curvadas) e para colher as folhas usar a tesoura comum (de lâminas retas). Não sei da grande influência dessa escolha sobre as plantas. Há pessoas que podam as flores do manjericão com as mãos mesmo e não tem problemas. Particularmente prefiro usar uma tesoura, pois tenho aflição de puxar/ cortar com a mão, parece ser muito traumático para a planta correndo o risco de prejudicar o galho. Mas isso é opção de cada um. O importante é podar, porque isso é o que temos medo de fazer e a planta assim não conseguirá se desenvolver o melhor possível. Agora que você já sabe. Não precisa mais ter medo. Basta confirmar conferindo as dicas sempre que achar necessário.

Mais Dicas e Cuidados…

Se suas plantas estão com fungos (geralmente manchas escuras) pode ser que não estejam recebendo luz solar adequada, ou que estejam plantadas muito próximas umas das outras. Retire as plantas menores para dar mais espaço as maiores.

Conforme a planta crescer, remova os dois pares de folhas da extremidade superior quando uma haste atingir uma altura razoável.

Este tipo de remoção de folhas incentiva a energia da planta a ser dirigida para os caules e folhas mais fortes. Isto promove um crescimento mais espesso.

Não colha as folhas na parte inferior do caule, ou o manjericão ficará muito alto e fino. O ideal é que ele se torne espesso, portanto, colha apenas as folhas superiores.

Se os caules das mudas parecem altos e magros, eles provavelmente não estão recebendo luz suficiente.

Quando mudar as plantas de dentro de casa para o jardim, certifique-se de expô-las às condições do ar livre gradualmente para evitar choque de ambiente.

Como a poda de manutenção é sempre necessária, devemos ter em nossa horta ervas e temperos (e hortaliças) que utilizamos no nosso dia-a-dia, caso contrário acabamos desperdiçando tempo e alimento. Ou seja, o resto da poda poderia ir direto pra cozinha.

Algumas plantas podem ser mais podadas (colhidas) do que outras. Por exemplo, Manjericão, orégano e hortelã toleram mais podas, desde que feitas de maneira moderada. Plantas de caule mais rígido e mais espesso, como o alecrim, também toleram mais podas que as plantas de caule mole (em forma de haste) ou acaule (como a cebolinha e a salsinha, respectivamente), porém devemos lembrar que estas ervas tem um crescimento mais lento e, se podarmos demais, acabaremos deixando a planta sem folhas.

O manjericão... conforme a planta for crescendo, devemos remover os dois pares de folhas da extremidade superior de cada ramo. Na base de cada folha existem duas pequenas folhas que crescem para fora do caule, corte logo acima (tomando cuidado para não danificá-las). Se retirarmos estas folhas miúdas, acabaremos enfraquecendo nosso manjericão.

Agora é só cultivar e aproveitar ao máximo seus temperos na cozinha!

Gostou do texto? Espero que tenha lhe ajudado!

 
Facebooktwitterpinterest

Um comentário em “Como plantar e cuidar de Manjericão

  1. A formiga está matando meu manjericão,elas estão formando bolinhas que podem matar, como posso controlar? também estou percebendo bichinhos pretinhos que ficam nas folhas e matão preciso combater .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.