Como cultivar cogumelos comestíveis em casa usando a técnica mais fácil!

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Como cultivar cogumelos comestíveis em casa: conheça a técnica mais fácil e rápida!

cultivar_cogumelos_comestíveis
Cogumelos comestíveis Pleurotus djamor

O jeito mais prático de cultivar cogumelos comestíveis em casa é utilizando materiais e condições possíveis de encontrar facilmente em sua casa. O cultivo de cogumelos comestíveis tem se tornado algo cada vez mais comum e conhecido pelas pessoas que buscam alimentos naturais, um contato maior com a natureza da produção dos alimentos e por muitos entusiastas do cultivo de plantas e fungos em geral.

O fato é que os cogumelos são uma iguaria já muito famosa na cozinha europeia, mediterrânica e por todo o mundo e cada dia mais pessoas estão querendo ter esses super alimentos na mesa do dia a dia, o que contribui para que os cogumelos se tornem mais acessíveis constituindo-se assim como alternativa sustentável e saudável para diversas finalidades na nossa sociedade de forma prática e consciente.

Continue lendo este artigo da BC e descubra essa técnica para cultivar cogumelos comestíveis de alto valor nutricional do gênero Pleurotus, (espécies semelhantes de Pleurotus com os píleos de diferentes cores cinza, branco, amarelo, rosa, são conhecidas popularmente como cogumelo ostra, shimeji branco/preto, hiratake, cogumelos salmão).

Essa é uma das técnicas mais fáceis e rápidas de como cultivar cogumelos em casa. Então aproveite!

   dscf7393coguf dscf7399coguf

Os pleurotos estão entre os cogumelos mais fáceis de cultivar. Podem ser cultivados facilmente em papel higiênico limpo e úmido. Este é um método muito eficaz para a introdução à micologia, particularmente para jovens estudantes, já que após a incubação inicial, os cogumelos nascem passados poucos dias. Também permite ao micologistas amadores e profissionais executarem experiências sobre o efeito da luz e da ventilação na forma dos carpóforos (cogumelos).

dscf7414coguf

Os Cogumelos Pleurotus

Os cogumelos Pleurotus ostreatus, crescem em florestas temperadas por todo o mundo, normalmente em árvores caídas. Há muitos anos é cultivado na Ásia para a culinária e, hoje em dia, é cultivado comercialmente em muitos países. Uma técnica de cultivo que imita a situação natural inclui fazer buracos em troncos de árvores nos quais são, inoculados com pequenas cavilhas colonizadas (contendo micélio fúngico).
Alternativamente, os fungos podem ser cultivados em grandes garrafas, sacos de plástico ou tubos de plástico perfurados, sacos de materiais pasteurizados, ou em material celulósico esterilizado a vapor (como, por exemplo, a palha, o algodão ou desperdícios de papel).

dscf7433coguf

Como Cultivar Cogumelos no rolo de Papel Higiênico

Materiais necessários:

• Chaleira/leiteira para ferver água

• Pires grande ou prato de papel

• Rolo de papel higiênico suave (é importante utilizar papel não branqueado)

• Cultura de arranque de Pleurotus ostreatus, (Spawn) 50 g

• Embalagem de plástico ou um saco grande de plástico

Técnica/ Procedimento

  1. Coloque um rolo de papel higiênico novo e limpo num pires ou prato.
  2. Devagar coloque cuidadosamente água fervente da chaleira no centro do rolo de papel higiênico, até que o papel fique completamente úmido.
  3. Deixe o rolo de papel higiênico esfriar sozinho durante 10 – 15 minutos. A água fervente vai ajudar a pasteurizar o papel.
  4. Retire o rolo de papelão do centro do papel higiênico. Coloque o Spawn – cultura de arranque – de Pleurotus ostreatus  centro do papel.
  5. Cubra o rolo de papel higiênico inoculado com a película de plástico ou com o saco de plástico para evitar que seque, e coloque-o num local escuro e quente (25–30 °C) durante duas semanas, até que um micélio branco e compacto cubra o papel. O fungo Pleurotus cresce pelo papel, quebrando a celulose e utilizando-a como fonte de energia. Após duas semanas, o rolo de papel higiênico assemelhar-se-á a um queijo Stilton e terá um cheiro forte a cogumelos.
  6. Coloque o rolo de papel higiênico ainda coberto numa geladeira a cerca de 4 °C durante 48–96 horas. Este rápido choque de frio irá despertar a produção de carpóforos (cogumelos).
  7. Retire o rolo de papel higiênico da geladeira e desembrulhe-o.
  8. Coloque o rolo de papel higiênico num local fresco (8–14 °C), arejado e com luz (o ideal será no parapeito de uma janela de maneira a que os vizinhos curiosos possam vê-lo kkkk).

Atenção: É importante que o rolo de papel higiênico não seque. Pode assim utilizar de vez em quando um borrifador para umedecer o papel. Após 12–17 dias, os pleurotos começam a nascer; a data exata depende da temperatura, da umidade e comprimento de onda e intensidade da luz ambiente.

dscf7397coguf dscf7456coguf

Regras para cultivo e colheita seguros:

A quantidade de inóculo aqui sugerida deve garantir o crescimento rápido do micélio de pleurotos que irá superar quaisquer contaminantes casuais. Algumas pessoas são alérgicas aos cogumelos ou aos esporos dos cogumelos e outras podem tornar-se sensíveis a elevadas concentrações de esporos. Consequentemente, os cogumelos devem ser colhidos antes de os esporos serem libertados. O ideal será colher os cogumelos quando as bordas de crescimento estão desenvolvidas, tornando-se achatadas e ligeiramente onduladas como na foto representativa abaixo. 😉

dscf7471coguf

Preparação e tempo

Demora cerca de um mês para que os cogumelos se desenvolvam.

Fornecedores

É possivel comprar a cultura de pleurotos em centros de jardinagem ou fornecedores hortícolas na internet.

Armazenamento dos materiais

A cultura de arranque pode ser armazenada durante 4-6 semanas num frigorífico a 3 –5 °C.

Resolução de problemas

Regule a umidade adequadamente. Não deixe secar o papel higiênico. Contudo, o excesso de umidade pode encorajar o crescimento de outros bolores.
Esta técnica é divulgada com a intenção de ampliar o conhecimento das pessoas em relação ao cultivo e consumo de cogumelos comestíveis.

Esta receita foi generosamente indicada por John Watson, que em 1992 era o Chefe Principal do Albany Hotel. Este protocolo prático foi adaptado para o projeto Volvox, financiado ao abrigo do Programa Sixth Framework da Comissão Europeia.

Todas as imagens possuem direitos e representam a experiência realizada por Tais Queiroz e Tiago Coelho Costa. Caso for utilizar, lembre-se de citar a fonte.

Agora é com você:

  • Curta, compartilhe, participe!
  • Faça sua experiência. colha os resultados e compartilhe!

Um abraço e até a próxima! 😀

 

Referências:

Centro Nacional para a Educação Biotecnológica, Universidade de Reading.

Dickinson, C.H. (1988) Homegrown oyster caps. Mycologist, 2 (4) 172–173.

http://www.cienciaviva.pt/projectos/volvox/pdfs/pleurotos.pdf

British Mycological Society
http://www.britmycolsoc.org.uk

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

One thought on “Como cultivar cogumelos comestíveis em casa usando a técnica mais fácil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *